Aulas de Yoga: HORÁRIOS

BEM VINDOS DE NOVO! A 1 de junho o Yoga Lab reabriu as portas do estúdio para as aulas presenciais

Mais informações

Yoga

A prática regular de yoga permite o desenvolvimento de capacidades físicas e mentais que têm consequências no estado geral de

Mais informações

Agenda 2020

Reserve na sua agenda espaço para as seguintes atividades :::::::::::::::::::::: Atividades regulares :::::::::::::::::::::: Yoga e Meditação aulas para pequenos grupos,

Mais informações

Quem somos?

O Yoga Lab é uma escola situada no Marquês de Pombal, em Lisboa,  que se dedica às práticas de Yoga e Meditação.  O...

Formação Yoga

Duas formações totalmente distintas: um curso de base, SEMENTE para todos os que desejam iniciar-se na prática do Yoga e da Meditação...

Aulas individuais

Concebidas em função de cada praticante, as aulas particulares são dirigidas a pessoas que procuram no Yoga a solução para situações específicas...

Contactos

(+351) 937 390 395 Facebook Instagram E-mail: info@yogalab.pt Visite-nos na Rua Mouzinho da Silveira, nº 27, 3ºB - junto ao Marquês de...

Yoga para Iniciados

O que deve saber antes de começar: O objectivo deste texto é dizer-lhe em que consiste uma prática de yoga, como saber se esta prática é apropriada para si, o que deve vestir, de que material necessita, com que frequência deve praticar e como pode escolher o estilo de prática por onde deve começar. As Bases da Prática O yoga pratica-se descalço, sobre um tapete de yoga. Quaisquer que sejam as posturas que faça, é necessário que vista roupa confortável, que lhe permita ter liberdade de movimentos. É importante que a roupa que veste não deixe que o corpo arrefeça, o que pode acontecer no inverno durante uma prática suave. Se, pelo contrário, o tempo está quente e a sua prática pode acentuar a subida de temperatura do seu corpo, use uma roupa leve, que permita ao corpo respirar. Em qualquer circunstância, o seu ego deve ficar fora da prática, o que significa que a roupa que veste tem como...

Read More

Aceitar e Agir acertadamente

Kshanti, Karma e Dharma Aceitação é um termo que em Português pode ter duas conotações diferentes. Se, por um lado, aceitar significa receber o que é oferecido, concordar ou aprovar, a palavra aceitação nem sempre tem uma conotação positiva, sendo frequentemente empregue com o significado de resignação, isto é, aceitação sem escolha ou contra vontade. No Sânscrito, a palavra kshanti (kṣānti), que se traduz por aceitação, não tem conotação positiva nem negativa. Simplesmente traduz aceitação, sem júbilo, mas também sem esforço ou contrariedade. Kshanti traduz a aceitação ou acomodação às coisas e às situações tal como elas são ou se nos apresentam. Traduz o reconhecimento de que não temos controlo sobre alguns acontecimentos, e que estes não ocorrem para nos agradar ou desagradar. Independentemente dos juízos que fazemos sobre as circunstâncias, temos que aceitar que não temos modo de as alterar. O momento que vivemos agora mostra, de forma muito clara, que é assim. É preciso que compreendamos que uma...

Read More

Tipos de Respiração

O treino da respiração é fundamental como preparação para a prática de prāṇāyāma que é a quarta etapa da prática de Yoga, de acordo com o Yoga Sūtra de Patañjali. O termo prāṇāyāma engloba um conjunto de técnicas (respiração, bandhas e mudrās) que se destinam a desbloquear a circulação da energia vital, o prāṇā, através do corpo. A respiração abdominal ou diafragmática dirige o ar para a região abdominal e envolve a expansão e a retração controladas do abdómen durante as fases de inspiração e de expiração, respectivamente. A respiração torácica ou intercostal provoca a variação de volume da caixa torácica através da expansão/contração vertical e lateral das costelas e, a respiração clavicular inicia-se por uma respiração torácica que é continuada de modo a levar o ar à parte alta do tórax, causando a expansão sucessiva das costelas e das clavículas na inspiração e o relaxamento sequencial da parte alta do tronco e da zona torácica, com a expiração. A...

Read More

Yoga é o caminho e o fim. Yoga é liberdade!

Cada um de nós terá, em maior ou menor grau, consciência de que os papeis que desempenha na vida são, em grande medida, condicionados pelo exterior e, não raras vezes, uma prisão. De formas variadas, a  Sociedade empurra-nos para estereótipos que interagem com os nossos consciente ou inconsciente, subordinando-nos. Frequentemente, essas mensagens entram de forma tão subliminar que, sem nos darmos conta, adquirimos padrões de sucesso, beleza, felicidade e outros, que nos tornam vítimas de nós próprios. Sair desta rede, que emaranha e confunde as nossas vontades, é indispensável para ser capaz de fazer escolhas que tenham sentido e que nos levem a estar bem connosco, que é o primeiro passo para poder viver bem com os que nos rodeiam, aceitar e saber lidar com “o bom e o mau” que a vida nos apresenta. Se não sabe como chegar a este ponto, venha praticar Yoga. A pouco e pouco descobre quem é, e encontra a liberdade e a paz...

Read More

Falta-lhe tempo?

Há fases na vida em que nos vemos forçados a dedicar tanto tempo a exigências profissionais que o sentimento de falta de tempo toma conta da nossa vida.  Ao princípio isso pode até ser estimulante. Significa que estamos a conseguir fazer o que é suposto de forma competente, que os colegas e superiores confiam em nós, e isso traz-nos satisfação. Até aqui, tudo bem! Contudo, frequentemente sem nos darmos conta, entramos numa espiral que nos consome todas as forças e que não nos deixa tempo para viver. Rapidamente deixamos de ter tempo para a família, para os amigos e para nós próprios e, de súbito, encontramo-nos descontentes, confusos, solitários e perdidos. Começamos a não ser capazes de separar o que somos daquilo que fazemos e intimamente passamos a criticar-nos pela incapacidade de dar cada vez mais respostas, em todos os sectores da vida. Em maior ou menor extensão, este é o percurso de todas as pessoas e, infelizmente, cada vez é...

Read More

A Fáscia: uma rede de comunicações que vai dos pés à cabeça

A consciência de que no corpo tudo está ligado é o ponto de partida para se perceber que o fazemos ao corpo tem um efeito muito profundo no bem estar mental e emocional e que manter o corpo funcional diminui o envelhecimento cerebral, desenvolve as relações pessoais, o desempenho profissional e aumenta a vitalidade e o apreço pela vida. A fáscia é o sistema de fibras do tecido conjuntivo que penetra e envolve músculos, ossos, nervos, vasos sanguíneos, vísceras e todos os órgãos do corpo. É formada por um conjunto muito estruturado de túbulos (pequenos tubos) cheios de água que suportam e dão forma ao corpo, e é  permeada por muitos nervos, tendões e ligamentos que estabelecem ligações ao longo de todo o corpo. Através da fáscia, que funciona como uma mola ou amortecedor para as articulações da coluna, anca, joelhos, tornozelos e costelas, qualquer movimento, em qualquer parte do corpo, é transmitido a qualquer outra parte do corpo. Manter a fáscia...

Read More

A Importância de Fortalecer os Músculos Abdominais

Os órgãos abdominais (estômago, fígado, rins, intestinos, pâncreas e algumas partes dos aparelhos urinário e reprodutor) são predominantemente mantidos nas suas posições pelo diafragma e pelos outros músculos abdominais que revestem as paredes laterais, anterior e posterior do abdómen. O diafragma é uma membrana que funciona como uma bomba que se movimenta para cima e para baixo através de variações de pressão de um e outro lado da membrana. Quando o diafragma descai e fica flácido, a tensão na membrana diminui e pode originar problemas circulatórios que conduzem à congestão passiva dos órgãos abdominais e da região pélvica, isto é, ao aumento da quantidade de sangue nesses órgãos, em consequência de uma drenagem venosa deficiente. A pressão criada pelos órgãos sobre a rede de nervos do sistema periférico autónomo, responsável pela regulação dos processos de equilíbrio dinâmico interno e pelo controlo dos sistemas digestivo, cardiovascular, urinário e endócrino, pode levar à sua paralisação ou sobre estimulação. Evitar a tensão e...

Read More

Yoga e saúde: uma relação íntima

Um dos grandes contributos dos mestres da Índia antiga é o Yoga, que muitas pessoas encaram como uma forma de vida e uma filosofia prática no caminho da espiritualidade. Por outro lado, muitas pessoas são atraídas para o yoga porque procuram uma solução para muitas doenças e aflições da vida moderna. Neste contexto, o yoga é considerado não somente uma disciplina prática que promove a saúde e evita doenças, mas é também amplamente reconhecido como uma terapêutica complementar usada em grandes hospitais e centros de terapia na Índia, nos Estados Unidos e em Inglaterra, onde diversos centros de investigação estudam os benefícios do Yoga na saúde.  Como compreender esta situação? Como é que uma filosofia é também uma prática terapêutica e uma estratégia de estilo de vida, a incluir numa rotina diária tal como lavar os dentes ou alimentar-se adequadamente?  O Yoga teve origem na Índia como resultado do pensamento de grande pensadores e sábios que exploraram diversos aspectos da...

Read More

Fechar os Olhos e Ver

Os sentidos são os instrumentos que usamos para interagir com o que nos cerca, a que chamamos realidade. Assim, abrimos os olhos para o que nos rodeia e tornamo-nos de tal modo dependentes da visão que, de olhos fechados, sentimo-nos muitas vezes assustados e perdidos, com medo que a realidade nos escape. Esta circunstância impede-nos a descoberta do que podemos ver com os olhos fechados. Os sentidos são os instrumentos que usamos para interagir com o que nos cerca, a que chamamos realidade. Assim, abrimos os olhos para o que nos rodeia e tornamo-nos de tal modo dependentes da visão que, de olhos fechados, sentimo-nos muitas vezes assustados e perdidos, com medo que a realidade nos escape. Esta circunstância impede-nos a descoberta do que podemos ver com os olhos fechados. Ver com os olhos fechados não significa ver com os pensamentos, que nos podem confundir tanto ou mais que a miríade de observações que os olhos abertos nos trazem. Ver...

Read More
yoga lab

Pratyahara no Yoga e na Vida

Pratyahara, o recolhimento dos sentidos, é uma das 8 etapas definidas por Patañjali no Yoga Sūtra , o texto que explica o que é o Yoga Clássico e que indica o caminho e o objectivo do Yoga. Porque é que pratyahara é importante para a prática de yoga e para a sua vida? A natureza da mente é instável, quer isto dizer, saltita de um pensamento a outro, reagindo a todos os estímulos que os sentidos captam do exterior. E daí? Num ou noutro momento, todas as pessoas passam por situações deste tipo, o que só significa que não são máquinas. Mas o problema surge quando este estado se instala e domina. A consequência imediata da dispersão da atenção é cansaço e confusão, dois ingredientes que conduzem a frustração e à incapacidade de reagir de forma adequada. E assim por diante.... até que a tristeza e a doença, estágios últimos deste processos, tomam conta de nós. Aprender a interiorizar é um...

Read More
pt_PTPortuguês
en_USEnglish pt_PTPortuguês